Posts recentes

Comentários

    Arquivos

    Categorias

    Meta

    Instagram has returned invalid data.

    Ventos tropicais

    A pele de madeira que reveste a construção e o telhado suspenso protegem do sol forte, mas convidam a entrar os ares frescos do sul.

    O bem bolado projeto no Ceará é do Camarim Arquitetos, trio de profissionais com escritório em Lisboa, Portugal, desde 2007. Eles atravessaram o Atlântico para fazer esta bela casa na praia de Mundaú.

    A construção são três pavimentos cercados por varandas que correspondem a 50% da área total, de 490 m2. Em cada um, a vista do entorno é diferente.

    O primeiro andar, no nível da rua, com piso de cimento queimado, oferece grandes aberturas para o jardim, onde foi preservada a areia branca do terreno.  

    No segundo pavimento concentram-se os três quartos, cuja privacidade é assegurada pelos brises.

    A sala fica no cume, fechada por painéis móveis de vidro de 3,20 metros de altura que dão a impressão de uni-la aos coqueiros do jardim, como se fosse uma casa na árvore.

    Os espaços internos são integrados e fluidos: a ilha da cozinha está posicionada no meio do grande ambiente, perto da mesa Sarineem envolta pelas cadeiras Charles Eames. Acabamentos e móveis de primeira qualidade, mas apresentam o despojamento adequado a um refúgio praiano.

    Além da estética e do conforto, os arquitetos pensaram em recursos sustentáveis.

    O telhado, com inclinação invertida, possui placas para captação de energia solar e um sistema que visa a armazenar a água das chuvas, depois filtrada e levada às torneiras. Como a região não tem rede de esgoto pública, foi construída uma fossa séptica com filtro anaeróbio supereficiente.

    Tudo fica mais bonito quando existe preocupação em preservar o meio ambiente.

     

     

     

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

        Radar Arquitetura e Design © 2005-2019. Todos os direitos reservados.