Posts recentes

Comentários

    Arquivos

    Categorias

    Meta

    Instagram has returned invalid data.

    Histórias do Brasil

    O arquiteto Gustavo Calazans gosta de incursionar por metrópoles, mas não deixa de visitar aqueles espaços distantes de um Brasil que poucos brasileiros conhecem. Em uma viagem de descobrimento da Amazônia, ele visitou Alter do Chão, às margens do rio Tapajós, e outros lugares dignos de nota.

     “Alter do Chão é uma cidade pequena e linda, às margens do Tapajós. O rio é tão largo que parece um mar, suas margens são de areia branquinha e parecem praias de água salgada, com a vantagem da água doce, mais fresquinha.

     A cidade tem uma reserva florestal ao sul, uma viagem de cerca de 2 horas de barco. Ali fiquei em uma comunidade, almocei na casa de ribeirinhos e, com um guia local super simpático, visitei as árvores sumaúmas gigantes no centro da floresta amazônica. Dormi lá uma noite, em uma rede amarrada nas árvores!

     Perto de Alter do Chão fica Belterra, uma das cidades construídas por  Henry Ford na Amazônia para a extração do látex das seringueiras. Você vê casinhas de madeira e hidrantes americanos – e ouve uma sirene que toca até hoje às 7hs e às 17hs – os horários de saída e de retorno dos seringais.”

     

     

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

        Radar Arquitetura e Design © 2005-2019. Todos os direitos reservados.